Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 7 de junho de 2017

"Espalha-Brasas"- poema


 Foi no momento
 Em que te tornaste numa espalha-brasas
 Que a minha capacidade de amar
 Ganhou asas
 E voou
 Intenso era o tráfego aéreo
 Caiu em cima das casas
 Mas eu ainda aqui estou...

 Fmi

Sem comentários:

Enviar um comentário